Logo

Principais ações da ACBST

Principais ações da ACBST, gestões 2014-2016 e 2016-2018

1 – Segurança – Acompanhamento dos trabalhos de implantação do sistema de vídeo monitoramento, obra escolhida pelos moradores para ser feita pelo orçamento participativode 2015. Foram instalados 7 pontos de captura de vídeo. Encontra-se em estudo preliminar a instalação de mais vídeo monitoramento em diversos locais não contemplados na primeira implantação. 2 – Saúde – Depois de várias assembleias com os moradores e diversas reivindicações junto à Secretaria de Saúde Municipal, a Associação conseguiu a volta do Posto de Saúde Horto, localizado à Rua Anhanguera, 224 que se encontrava desativado há três anos. A inauguração aconteceu no dia 12 de dezembro de 2017. 3 – Urbanização – A obra de melhoria da Rua Conselheiro Rocha na proximidade da estação do metrô já foi concluída em sua primeira etapa. A segunda etapa, ou seja, a ligação da Praça Ernesto Tassini (Praça do Cardoso)até a passarela do metrô deve ser iniciada quando forem finalizadas as desapropriações e doações feitas pela CBTU. O acompanhamento dessas obras vem contando com a participação do morador Sr. Adilson. 4 – Cultura – Batalhamos junto a Fundação Municipal de Cultura pela instituição de uma comissão local do MIS Cine SantaTereza destinada  a participar das decisões sobre o uso do equipamento. A comissão foi criada e conta com os seguintes integrantes da sociedade civil: um representante da Associação, um representante dos moradores do bairro, um representante da sociedade civil organizada, e um representante do setor áudio-visual. 5 – Operação Urbana Consorciada – Em assembleia realizada no dia 24/11/2014 aprovamos diversas propostas referentes a Operação Urbana Consorciada (OUC). Uma das principais propostas aprovadas diz respeito às Vilas Dias e São Vicente: Requalificação das vilas e construção de novas moradias para as famílias que precisarão ser reassentadas devido às obras de requalificação. No restante da área que compreende o campo de futebol e a fábrica de pregos implantar o parque linear com área esportiva mantendo e melhorando o campo de futebol, construir quadras poliesportivas, pista de caminhada e equipamentos de ginástica, reflorestar e fazer tratamento paisagístico em toda a área. Construir e/ou reformar prédios existentes para servir de apoio operacional e receptivo. 6 – Cultura – Estamos participando junto com os coletivos: Salve Santa Tereza, Feira de Artesanato de Santa Tereza, Rede Terra Viva, Economia Solidária, entre outros, e com a assessoria do SEBRAI de projeto de reabertura do Mercado. Recentemente entregamos ao Prefeito Kalil o projeto de viabilidade econômica para a abertura do mercado. 7 – Coleta de Lixo – Estamos colaborando com a Rede Lixo Zero para implementação da coleta de lixo solidária no bairro. A coleta vem sendo feita em diversas ruas de Santa Tereza, pela Cooperativa de catadores da região – Coopesol Leste. 8 – Segurança – Com relação as questões de segurança no bairro já fizemos inúmeras assembleias, algumas com a participação do comandante do 16º Batalhão. Temos participado das reuniões do CONSEP (Conselho de Segurança Pública da 20ª Cia da PMMG), que acontece sempre às 19 horas no Auditório do Batalhão na primeira segunda-feira do mes, abertas a quem quiser pode participar. 9 – Patrimônio – Com a aprovação do tombamento do bairro incluindo cerca de 300 imóveis residenciais e outros bens, como comércios, a Igreja e a Praça Duque de Caxias, solicitamos à Prefeitura que fosse garantido o diálogo com os moradores do bairro e proprietários dos imóveis. Organizamos uma reunião com a Diretoria do Patrimônio para esclarecer aos moradores sobre as dúvidas, realizada no dia 25 de março de 2015. 10 – Jardim da praça  Duque de Caxias – Depois de incontáveis pedidos e revindicações à Regional Leste, hoje o jardim da Praça encontra-se bem cuidado, com a colaboração de moradores junto ao poder público. 11 – Carnaval de rua – Nos anos de 2014 e 2015 realizamos assembleias com os setores envolvidos: Regional Leste, Belotur, Polícia MilitarBHtrans, para discutir o horário do término do canal de rua no bairro, A maioria dos presentes nessas assembleias achavam razoável que o término do carnaval deveria ser às 20 horas. A polícia militar afirmou que existia uma tali TAC (termo de ajuste de conduta) que determinava que o carnaval no bairro deveria encerrar às 18 horas. A partir daí a diretoria da Associação ponderou que a competência de definir sobre o carnaval de ruaera da BELOTUR e decidiu não tocar mais nesse assunto e passamos apreocupar apenas com a segurança dos moradores durante o carnaval 12 – Saúde – Participamos da 14ª Conferência Municipal de Saúde de BH em abril de 2017 cujo tema foi SUS – NENHUM DIREITO A MENOS. Participamos da 12º Conferência Municipal de Assistência Social cujo tema foi GARANTIA DOS DIREITOS NO FORTALECIMENTO DO SUS 13 – Lei do Silêncio – Em diversas assembleias temos tratado do barulho excessivo em bares e restaurantes, algumas vezes com a presença do Gerente de Fiscalização da Regional Leste. 14 – Estatuto – Conforme promessa no discurso de posse, hoje estamos propondo discutir e aprovar a reforma do Estatuto que se encontra defasado e atualizado.

Anúncios