Exposição “Chandelier Kitihawa” - Santa Tereza Tem
Logo

Agenda

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Exposição “Chandelier Kitihawa”

20 novembro as 19:30 29 fevereiro as 19:30

Livre

Exposição “Chandelier Kitihawa” com obras do fotógrafo Nicolas Henry

No dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a Aliança Francesa, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo e o Museu Mineiro, abre a exposição “Chandelier Kitihawa”, com fotografias do artista francês Nicolas Henry. A mostra é um conto em imagens sobre a história mundial da escravidão, que se passa entre a África e as Américas. O Museu Mineiro recebe a exposição que apresenta 12 grandes fotografias (100×150 cm) e uma narração ilustrada de 54 fotos. A entrada é gratuita.

Henry combina o envolvimento da comunidade e a expressão pessoal com a fotografia, a técnica de teatro, a iluminação cinematográfica e o suporte e cenografia feitos à mão. O resultado é uma série de imagens que obscurecem a linha entre ficção e realidade, atestando a importância de apreciar a diversidade cultural na busca por uma sociedade justa e igualitária.

A mostra é fruto de uma pesquisa histórica minuciosa, feita para identificar os heróis negros dos processos de descolonização, a dor causada, as utopias e como a África contribui para a humanidade. Foi criada uma plataforma criativa, onde os participantes puderam trocar ideias, falar sobre os desafios enfrentados por suas comunidades e expressar suas esperanças e ideias para o futuro. A série busca instigar a compaixão do público e inspirar a ação pela mudança. Das 53 imagens do projeto, o artista traz uma dúzia para o Brasil.

O título da obra evoca Kitihawa, personagem esquecida pela história, filha de um chefe ameríndio Potawatomi e esposa do mulato Jean-Baptiste Pointe Du-Sable, fundador de Chicago (EUA). O artista revisita os grandes períodos do tráfico de negros na história das Américas e faz conhecer os heróis que participaram da luta pela sua emancipação. A narrativa passa pelo Brasil, Guiana, os Negmarrons, Ilha de Goreia no Senegal, mas, também, pela Etiópia, Namíbia, Madagascar, África do Sul, Dominica, França e Inglaterra.

A série celebra a força e a resiliência de homens, mulheres e crianças diante das adversidades e destaca a importância de reconhecer a história uns dos outros, com o objetivo de atingir uma coexistência pacifica e harmoniosa.

Sobre o fotógrafo Nicolas Henry
Nascido na França em 1978, Nicolas Henry teve sua formação na Escola de Beaux Arts de Paris. Formou-se também em cinema, como diretor, no Institute of Art and Design Emily Carr em Vancouver, Canadá.

Serviço
Abertura: 20 de novembro, às 19h30
Visitação: a partir de 21 de novembro
Local: Museu Mineiro (Av. João Pinheiro, 342 – Lourdes, Belo Horizonte)
Entrada Gratuita

Detalhes

Início:
20 nov, 2019 as 19:30
Final:
29 fevereiro as 19:30
Preço:
Livre
Categoria de Evento:
Evento Tags:
, , ,

Museu Mineiro

Avenida João Pinheiro, 342, Centro
Belo Horizonte,
+ Google Map

Anúncios