Bastidores e histórias do filme “A Porta do Céu”, de Vittorio de Sica - Santa Tereza Tem
Logo

Agenda

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Bastidores e histórias do filme “A Porta do Céu”, de Vittorio de Sica

13 novembro as 19:30 21:00

Livre

Bastidores e histórias do filme serão discutidos com o historiador Luiz Nazario

Um dos diretores mais importantes do cinema italiano, Vittorio de Sica (1901-1974) é considerado o precursor do neorrealismo no país. Dono de uma carreira premiada, ele dirigiu um filme praticamente impossível de se ver na atualidade: “A Porta do Céu”. Lançado em 1945, o longa não possui cópias em VHS ou DVD. O filme e seus bastidores serão discutidos pelo professor, historiador, crítico e escritor Luiz Nazario, na palestra “A Porta do Céu – O filme invisível de Vittorio de Sica”. O bate-papo será realizado pela Casa Fiat de Cultura, no dia 13 de novembro, das 19h30 às 21h, na última edição do ano projeto Quartas Italianas. A entrada é gratuita, com espaço sujeito à lotação (200 lugares). Os ingressos devem ser retirados no Sympla ou na bilheteria da Casa Fiat de Cultura, até meia hora antes do início do evento.

A Porta do Céu – ou La Porta del Cielo – fala sobre uma longa viagem de trem de um grupo de peregrinos ao Santuário de Loreto, onde esperam receber um milagre que não acontecerá. O filme foi produzido pelo Centro Católico Cinematográfico de Roma e teria servido de “exílio interior” para De Sica e como uma espécie de refúgio para centenas de judeus. O cineasta empregou, como figurantes, centenas de pessoas ameaçadas pelo nazismo e, para evitar a captura e envio para os campos de extermínio, prolongou ao máximo as filmagens, que aconteceram na Basílica Papal de São Paulo Extramuros, em Roma.

Luiz Nazario explica que, na época do fascismo, muitos artistas conseguiam trabalhos que o dispensavam de fazer propaganda para o regime, tornando-se exilados dentro da própria Itália. “Dessa forma, conseguiam colaborar com a resistência sem precisarem sair do país”, pontua. Para entender até que ponto a história do De Sica é verdadeira, ele vai revelar curiosidades e singularidades sobre a produção.

Atualmente, só existe uma cópia de “A Porta do Céu”, que fica guardada em Roma, o que dificulta a sua reprodução. Mas, para que o público conheça um pouco mais sobre a obra de Vittorio de Sica, o palestrante irá exibir trechos de outros filmes do diretor. “A Igreja Católica, que encomendou ‘A Porta do Céu’, não gostou do resultado, tirando-o rapidamente de circulação”, detalha. Hoje o filme é raríssimo, mas é possível conferir o estilo do cineasta em outras importantes produções, como Ladrões de Bicicleta (1948) e Milagre em Milão (1951).

Luiz Nazario
Professor Titular da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, Luiz Nazario é historiador, crítico e escritor, com décadas de exercício de crítica cinematográfica na imprensa. É formado em História pela USP (1979), com Mestrado (1989) e Doutorado (1994) em História Social pela mesma universidade, sob a orientação da grande historiadora Anita Novinsky. Pioneiro no Brasil na área de Cinema e História, com a tese: “Imaginários da destruição: o papel da imagem na preparação do Holocausto” (1994), defendida na USP após dois anos de pesquisas nos arquivos de filmes da Alemanha. É autor de diversos livros, entre eles: “Da natureza dos monstros” (1988), “As sombras móveis” (1999), “Autos-de-fé como espetáculos de massa” (2005), “Todos os corpos de Pasolini” (2007) e “O cinema errante” (2013).

SERVIÇO
Data e horário: 13 de novembro, das 19h30 às 21h
Local: Casa Fiat de Cultura – Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG
Entrada gratuita, com retirada de ingressos pela Sympla
Informações: (31) 3289-8900
www.casafiatdecultura.com.br

Detalhes

Data:
13 nov, 2019
Hora:
19:30 – 21:00
Preço:
Livre
Categoria de Evento:
Evento Tags:
, , ,

Casa Fiat de Cultura

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários
Belo Horizonte, Minas Gerais 30140-010 Brasil
+ Google Map
Telefone:(31) 3289-8900

Anúncios