8ª edição do Cinecipó - Festival do Filme Insurgente - Santa Tereza Tem
Logo

Agenda

Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

8ª edição do Cinecipó – Festival do Filme Insurgente

11 dezembro as 13:00 21 dezembro as 21:00

Livre

8º Cinecipó na Humberto Mauro e no Sesc Palladium

Festival apresenta um panorama da produção audiovisual de diversos países e regiões brasileiras engajada em questões políticas contemporâneas.

A abertura do evento, dia 11/12, às 21h30, nos Jardins Internos do Palácio das Artes, contará com show do cantor e compositor Ruspô. Toda a programação é gratuita.

Entre os dias 11 e 21 de dezembro, acontece a 8ª edição do Cinecipó – Festival do Filme Insurgente, no Cine Humberto Mauro e no Sesc Palladium, em Belo Horizonte. Serão exibidos 12 longas e médias-metragens e 73 curtas-metragens; ambas as categorias estão em mostras competitivas. São filmes de diversos países e regiões brasileiras que abordam temáticas diversificadas, como étnicos-raciais, gênero, feministas, ambientalistas, entre outras. Além das exibições, haverá debates com diretores convidados durante o festival, um curso e uma oficina. No dia 21 de dezembro, no Sesc Palladium, acontecerão sessões especiais para crianças. O festival também conta com duas sessões com acessibilidade para cegos e surdos, nos dias 19 e 21 de dezembro, às 19h, no Sesc Palladium. Toda a programação é gratuita.

Na abertura do 8º Cinecipó, no Cine Humberto Mauro, dia 11 de dezembro, após a exibição do documentário “Teko Haxy – ser imperfeita”, às 19h, de Patrícia Ferreira e Sophia Pinheiro (39’, 2018), haverá debate com a presença das diretoras. Após o bate-papo, às 21h30, o cantor e compositor Ruspô fará uma apresentação única em BH nos Jardins Internos do Palácio das Artes. Acompanhado de banjo, baixo, acordeão e percussão, o artista fará releituras acústicas de canções dos álbuns “Esses Patifes” (2013) e “Dourados” (2016). Músico e militante, Ruspô canta conflitos do campo e da cidade, compondo e gravando suas músicas ao longo das viagens de trabalho como jornalista engajado na Amazônia, Cerrado e centro-oeste do país.

Em tempos políticos e sociais sombrios no Brasil e no mundo, o 8º Cinecipó, por acreditar que a construção de resistência e insurgência se faz também na escolha das imagens, nos circuitos específicos dos filmes e na visibilidade conferida a eles, com seus corpos, suas palavras, suas ações ou ideias imagéticas, busca ressaltar as questões políticas presentes nas telas, assumidas em concepção plural, bem como as linhas de fuga vislumbradas contra tudo aquilo que constitui violência e opressão.

A programação do 8º Cinecipó conta, também, com o curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias”, com Gilmar Galache Terena, de 11 a 14 de dezembro, das 13h às 17h, no Cine Humberto Mauro/Palácio das Artes; e com a oficina “GAZUAS: emergindo silêncios submersos”, com Charlene Bicalho, de 07 a 14 de dezembro, das 13h às 17h, na Ocupação Maria Carolina de Jesus.

O curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias” foi elaborado a partir de uma infinidade de narrativas que foram invisibilizadas pelo processo de colonização, entre as quais se incluem a dos povos indígenas Guarani Kaiowá e Terena, que trabalham com a Associação Cultural de Realizadores Indígenas – ASCURI e produzem filmes que trazem essas marcas cosmológicas, que destoam da lógica ocidental de contar uma história e mostram outra relação de tempo – espaço no cinema, bem como suas definições estéticas pictóricas.

Já a oficina “GAZUAS: emergindo silêncios submersos” refere-se a uma ferramenta capaz de fazer funcionar fechaduras e cadeados. Nessa proposta tal instrumento torna possível a emersão de quilombos submersos por sombras coloniais. A oficina propõe a criação de narrativas contra-hegemônicas sobre e em territórios urbanos reconhecidos como quilombos ou que simbolicamente tenham em sua constituição elementos e características da resistência e da força de um quilombo, como as ocupações urbanas. A ideia é que os participantes construam derivas pelo território a partir do mapeamento de gazuas, no intuito de identificar narrativas afetivas, gestos e contextos históricos

8º CineCipó – Programação 2019
CINE HUMBERTO MAURO – PALÁCIO DAS ARTES

11/12 – QUARTA-FEIRA
13h – 17h

Curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias” – Prof. Gilmar Galache, terena de Mato Grosso do Sul e fundador da ASCURI – Associação Cultural de Realizadores Indígenas
16h – Belo Horizonte sob a perspectiva indígena – Caminhada guiada por Avelin Buniacá pela cidade.
Ponto de encontro: Praça Sete, quarteirão Krenak (em frente ao posto UAI)
19h / Livre
Teko Haxy – ser imperfeita / Dir. Patrícia Ferreira e Sophia Pinheiro/ Documentário / 39´/ 2018. * Sessão com debate com as diretoras
21h30 – Show Ruspô – Jardins internos do Palácio das Artes

12/12 – QUINTA-FEIRA
13h – 17h

Curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias” – Prof. Gilmar Galache, terena de Mato Grosso do Sul e fundador da ASCURI – Associação Cultural de Realizadores Indígenas
17h15 / 14 anos
Estranho animal
/ Dir. Arthur B. Senra / Experimental / 5´/ BH-MG / 2019
A floresta de Dimo (Dimo’s Forest) / Dir. Hristo Simeonov / Ficção / 24´/ Bulgária / 2018
Yurt / Dir. Iván Perinango/ Documentário / 12´ / Espanha/ 2018
Abaya: resistência e ancestralidade / Dir. Grazie Pacheco e Frederico Moreira / Documentário / 3´/ São Paulo-SP / 2018
Majur / Dir. Iris (Rafael Irineu) / Documentário / 20´/ Mato Grosso-MT / 2018
18h30 / 14 anos – Empate / Dir. Sérgio de Carvalho / Documentário / 90´/ Rio Branco-AC / 2019
20h / 16 anos
Menino-pássaro / Dir. Diogo Leite / Ficção / 15´/ São Paulo-SP / 2018
A mulher que eu era / Dir. Karen Suzane / Ficção / 12´/ Contagem-MG / 2019
BR3 / Dir. Bruno Ribeiro / Ficção / 23´/ Rio de Janeiro-RJ / 2018
Linha / Dir. Francisco Lira / Animação / 4´/ São Bernardo do Campo-SP / 2018 – Sessão com debate com os/as diretores/as

Alma Bandida

13/12 – SEXTA-FEIRA
13h – 17h

Curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias” – Prof. Gilmar Galache, terena de Mato Grosso do Sul e fundador da ASCURI – Associação Cultural de Realizadores Indígenas
17h15 / Livre
E o que a gente faz agora?
/ Dir. Marina Pontes / Ficção / 16´/ Cachoeira-BA / 2019
A criação do mundo (The creation of the world / Dir. Antonio Coello / Animação / 10´/ México / 2019
Motriz / Dir. Tais Amordivino / Documentário / 15´/ Salvador-BA / 2018
11:40 / Dir. Claudia Ruiz / Ficção / 12´/ Espanha-Argentina / 2019
18h30 / Livre
Cinzas e brasas (De cendres et de braises) – Dir. Manon Ott / Documentário / 72´/ França / 2018
20h / Livre
Peixe / Dir. Yasmin Guimarães / FIcção / 17´/ Belo Horizonte-MG / 2019
Alma Bandida / Dir. Marco Antônio Pereira / Documentário / 15′ / Cordisburgo-MG / 2018
Lauri e a Subversão / Dir. Marco Escrivão e Pedro F. Russo / Documentário / São Carlos-SP / 25´/ 2018 – Sessão com debate com os/as diretores/as

14/12 – SÁBADO
13h – 17h

Curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias” – Prof. Gilmar Galache, terena de Mato Grosso do Sul e fundador da ASCURI – Associação Cultural de Realizadores Indígenas
17h15 / 12 anos
Aos de ontem, aos de sempre
/ Dir. Elvis Pinheiro, Jaildo Oliveira, Laryssa Raphaella, Lívia Agra, Raquel Morais e Ravi Carvalho / Experimental / 10´/ Juazeiro do Norte-CE / 2018
À Luz do Sol / Dir. Edielson Shinohara / Documentário / 13´ / Belém-PA / 2018
Os verdadeiros lugares não estão no mapa / Dir. João Araió / Documentário / 7´ / Duque de Caxias-RJ / 2019
Sair do armário / Dir. Marina Pontes / Documentário / 4´/ Cachoeira-BA / 2018
Soccer boys / Dir. Carlos Guilherme Vogel / Documentário / 15´/ Rio de Janeiro-RJ / 2018
18h30 / 12 anos
O grande amor de um lobo / Dir. Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa / Documentário / 12´ / São Miguel do Gostoso-RN / 2018
592 metros acima (592 metroz goiti) / Dir. Maddi Barber / Documentário / 24´/ Espanha / 2018
Aulas que matei / Dir. Amanda Devulsky e Pedro B. Garcia / Ficção / 24´/ São Sebastião-DF / 2018
20h / Livre – Breve miragem de sol / Dir. Eryk Rocha / Ficção /98’/ Brasil, França e Argentina / 2019

15/12 – DOMINGO
17h / Livre
Antes que o tempo defina o que sou / Dir. João Borges / Documentário / 55′ Sessão de pré-estreia, filme convidado. Debate com diretor e equipe.
19h / Livre – Coração do mar / Dir. Rafael Nascimento / Documentário/ 20´/ São Bernardo do Campo-SP / 2018

NoirBlue: deslocamentos de uma dança / Dir. Ana Pi / Documentário / 27´ / Belo Horizonte-MG – França / 2018 *Sessão com debate com os/as diretores/as
21h15 / Livre – Antonio e Piti / Dir. Vincent Carelli e Wewito Piyãko (Asháninka) / Documentário / 90′ / Terra Indígena Kampa do Rio Amônia-AC / 2018

SESC PALLADIUM
17/12 – TERÇA-FEIRAerça-feira
PROGRAMA 1 – 15h30 / 12 anos

A felicidade delas / Dir. Carol Rodrigues / Ficção / 14´/ São Paulo-SP / 2019 Circuito (Circuit) / Dir. Delia Hess / Animação / 8´41´´ / Suíça / 2018
Riscados pela memória / Dir. Alex Vidigal / Ficção / 20´ / Brasília-DF / 2O18 Nossa terra / Dir. Samuel Moreira / Documentário / 20´/ Itajaí-SC / 2018
Medo (Fear) / Dir. Alyona Polyakova / Experimental / Rússia / 2´18″ / 2019
Santa, o filme / Dir. Marco Andrade / Ficção / 8´ / Cataguases-MG / 2019

PROGRAMA 2 – 17h30 / 12 anos
Bimi, Shuku Ikaya
/ Dir. Isaka Huni Kuin, Siã Huni Kuin, Zezinho Yube / Documentário / Aldeia Segredo do Artesão/Tarauacá-AC / 52 min / 2018

PROGRAMA 3 – 19h / Livre
A Tradicional Família Brasileira – KATU
/ Dir. Rodrigo Sena / Documentário / 25´/ Natal-RN / 2019 Aguyje / Dir. João Couto / Documentário / 35´/ Rio de Janeiro-RJ / 2019 Debate: “Em direção à política de cuidados”, com José Cury

18/12 – QUARTA FEIRA
PROGRAMA 4 – 15h30
Mesmo com tanta agonia
/ Dir. Alice Andrade Drummond / Ficção / 20´ / São Paulo-SP / 2018
Na trilha do boi falô / Dir. Caue Nunes / Documentário / 27´/ Campinas-SP/ 2018
Mortalha / Dir. Grazie Pacheco / Ficção / 19´ / São Paulo-SP / 2018

PROGRAMA 5 – 17h15
Negrum3
/ Dir. Diego Paulino / Documentário / 22´/ São Paulo-SP / 2019
Dois (Two) /Dir. Vasilios Papaioannu / Documentário / 8´ / EUA / 2018
Sol / Dir. Higor Mourão / Documentário / 10´ / São Paulo-SP / 2018
Mucunã / Dir. Carol Correia / Documentário / 16´ / Recife-PE / 2019
Interrogação (ou psicopata militar) / Dir. Moisés Pantolfi / Animação / 1´ / Guarulhos-SP / 2019

PROGRAMA 6 – (Sessão com acessibilidade*) – 19h
Fabiana
/ Dir. Brunna Laboissière / Documentário / 90´/ São Paulo-SP e Goiânia-GO / 2018

19/12 – QUINTA-FEIRA
PROGRAMA 7 – 15h30
Pluma Forte
/ Dir. Coraci Ruiz / Documentário Experimental / 13´/ SP / 2019
Nós (Nosotros) / Dir. Ana Millán / Ficção / 19´/ Espanha / 2019
A viagem das mariposas (El Viaje de las Mariposas) / Dir. Christian Barreto / Ficção / 19´/ Espanha-Colômbia / 2018
Ashmina / Dir. Dekel Berenson / Ficção / 16´/ EUA / 2018

PROGRAMA 8 – 17h15
Água de rio
(Agua de río) / Dir. Luciano Nacci / Documentário / 6´ / Argentina / 2018
Rasga mortalha / Dir. Patrícia de Aquino / Ficção / 15´/ São Domingos do Cariri-Paraíba-Brasil / 2018
Nadir / Dir. Fábio Rogério / Documentário / 15´/ Aracaju-Sergipe / 2018
Quebramar / Dir. Cris Lyra / Documentário / 26´/São Paulo-SP/ 2019
19h – Chuva é cantoria na aldeia dos mortos / Dir. João Salaviza, Renée Nader Messora / Ficção / 114´/ Tocantins-Brasil/Portugal / 2018

20/12 – SEXTA-FEIRA
PROGRAMA 9 – 15h30 / 12 anos
Conte isso àqueles que dizem que fomos derrotados
/ Dir. Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cris Araújo, Pedro Maia de Brito / Documentário / 23´/ Belo Horizonte-MG – Recife-PE / 2018
A viagem de seu Arlindo / Dir. Sheila Altoé / Ficção / 17´/ Vargem Alta-ES / 2018
Coração é Terra que Ninguém Vê / Dir. Isabela Vitório / Ficção / 20´/ Distrito Federal-DF / 2018
A luta indígena no Brasil (The indigenous struggle in Brazil) / Dir. Lucca Messer / Documentário / 3´30´´ / 2019 / Terra Piaçaguera-SP / 2019

PROGRAMA 10 – 17h15 / Livre
Semi-úmido
/ Dir. Luisa Mello e Vinicius Forain / Documentário / 25´/ Rio de Janeiro-RJ / 2019
Sempre verei cores no teu cinza / Dir. Anabela Roque / Documentário / 18´/ Rio de Janeiro-RJ / 2018
Pulse / Dir. Sarah Forest, Cécile Floucat, Pauline Javelot, Juliette Gales, Thibaut Wambre, Kevin De Garidel / Animação / 7´/ França / 2018
Nove águas / Dir. Gabriel Martins e Quilombo dos Marques / Ficção / 25′ / Belo Horizonte-MG / 2019

PROGRAMA 11 – 19h / Livre
Banquete Coutinho
/ Dir. Josafá Veloso / Documentário / 74´ / 2019

21/12 – SÁBADO
PROGRAMA 12 – Sessão Infantil – 14h / Livre
Peixe dourado
(Goldfish) / Dir. Maryam Farahzadi / Animação / 4´45´´ / EUA / 2019
Invasão (Invasion) / Dir. Victoria B. / Animação / 3´ / EUA / 2019
Peixe assado (Peix al forn) / Dir. Irene Cubells / Animação / 4´ / Espanha / 2018
Lily’s Hair / Dir. Raphael Gustavo Silva / Ficção / 15´ / GO / 2019
Circuito (Circuit) / Dir. Delia Hess / Animação / 8´41´´ / Switzerland / 2018
Papagaio verde / Dir. Anderson Lima / Ficção / 8′ / BH-MG / 2017
Dono de casa / Dir. Anderson Lima / Ficção / 8′ / Belo Horizonte-MG / 2017
Aniversário e castigo / Dir. Anderson Lima / Ficção / 8′ / BH-MG / 2017

PROGRAMA 13 – 16h / Livre
Peixe dourado
(Goldfish) / Dir. Maryam Farahzadi / Animação / 4´45´´ / EUA / 2019
Invasão (Invasion) / Dir. Victoria B. / Animação / 3´ / EUA / 2019
Peixe assado (Peix al forn) / Dir. Irene Cubells / Animação / 4´ / Espanha / 2018
Lily’s Hair / Dir. Raphael Gustavo Silva / Ficção / 15´ / GO / 2019
Circuito (Circuit) / Dir. Delia Hess / Animação / 8´41´´ / Switzerland / 2018
Papagaio verde / Dir. Anderson Lima / Ficção / 8′ / BH-MG / 2017
Dono de casa / Dir. Anderson Lima / Ficção / 8′ / Belo Horizonte-MG / 2017
Aniversário e castigo / Dir. Anderson Lima / Ficção / 8′ / BH-MG / 2017

PROGRAMA 14 – 17h30 / 16 anos
A sússia
/ Dir. Lucrécia Dias / Documentário / 17´/ Arraias-TO / 2018
Um Café e Quatro Segundos / Dir. Cristiano Requião / Ficção / 16´´ / Rio de Janeiro-RJ / 2018
Cicatrizes (Cicatrices) / Dir. Walter Manrique / Ficção / 14´/ Peru / 2019
Blue tomorrow / Dir. Numan Ayaz/ Animação / 15´/ Ankara / 2019

PROGRAMA 15 (Sessão com acessibilidade*) – 19h / 14 anos
Espero tua (re)volta
/ Dir. Eliza Capai / Documentário / 93´/ São Paulo-SP / 2019 * legenda descritiva

PROGRAMA 16 – 21h / 10 anos
Estou me guardando pra quando o carnaval chegar
/ Dir. Marcelo Gomes / Documentário / 85

SERVIÇO
8ª edição do Cinecipó – Festival Internacional do Filme Insurgente
Data: 11 a 21 de dezembro
Locais: 11 a 15/12 no Cine Humberto Mauro
17 a 21/12- no SESC Palladium – Av. Augusto de Lima, 420 – Centro
Entrada gratuita

Detalhes

Início:
11 dez, 2019 as 13:00
Final:
21 dez, 2019 as 21:00
Preço:
Livre
Categoria de Evento:
Evento Tags:
, , , , ,

Cine Humberto Mauro

Avenida Afonso Pena,
Belo Horizonte, Minas Gerais , 30130-0040 Brasil
+ Google Map
(31) 3236-7400

Anúncios