Festa da Luz - Santa Tereza Tem
Logo

Festa da Luz

Festa da Luz, de 11 a 14 de maio com festival gratuito de música, arte, tecnologia e arquitetura

O hipercentro de Belo Horizonte será transformado em um circuito iluminado, na segunda edição da Festa da Luz, em ocupação que mistura arte pública, música, tecnologia e arquitetura. Com uma proposta de exposição artística, para trazer o fantástico como parte do cotidiano, esta edição propõe experiências mais intuitivas e sensoriais, permitindo que o público perceba a cidade com todos os sentidos.

O festival será realizado de 11 a 14 de Maio, apresentando instalações, performance, shows e videomapping, a programação é gratuita e contará com 22 artistas visuais nacionais, internacionais e locais, além de 7 shows musicais, e uma performance híbrida.

Roteiro de luz

Ocupando parte do baixo centro da capital mineira, a Festa da Luz contará com um circuito de arte interativa, que traça um caminho feito por milhares de belorizontinos rotineiramente. Para experienciar o Circuito Festa da Luz, o público pode começar pelos edifícios Sulacap e Sulamérica: no local, haverá uma instalação inflável luminosa criada pelo coletivo de Belo Horizonte “MIR”, formado pelos VJs e criadores digitais Yonanda Santos, Breno Barreto e Brayhan Hawryliszyn. Ocupando o vão entre as torres icônicas dos edifícios, o trajeto se inicia convidando o público a entrar num universo fantástico onde o mar está no céu, e no alto se vê grandes medusas coloridas a partir de um ambiente imersivo, interativo e colorido.

Olhar para a cidade como se ela fosse um templo em que há espaço de contemplação e de reflexão, dessacralizando assim a espiritualidade que pode ser vivida de forma livre por cada um é a proposta do artista português Akacorleone. Um dos principais nomes da arte contemporânea urbana internacional, ele apresenta nesta edição uma instalação site specific criada para os arcos do Viaduto Santa Tereza da sua série “Templo de luz”.

Depois de passar pelo templo luminoso de Akacorlene, o público é convidado a entrar na rua Sapucaí. Na fachada do edifício Chagas Dória, estará estampado um letreiro da escritora indígena do Amazonas da etnia Omágua/Kambeba Marcia Kambeba, que vai trazer para o festival a cosmologia indígena.

Da Sapucaí também será possível apreciar a instalação da argentina Paula Duró. Sua obra para o festival é uma mulher gigante sentada sobre o Edifício Central, meditando em pleno centro da cidade. Clarividências, sonhos proféticos, visões do futuro que conectam os mundos reais e invisíveis são chaves para se criar novas realidades.

Dali, o público é convidado a seguir para as escadarias do metrô, que conectam o mirante com a Praça da Estação. Ali ficará a instalação neon de Nívea Sabino, poeta-slammer de Nova Lima que vai trazer através de seus versos a magia das ruas. Depois de descer as escadas, o público vai entrar no túnel do metrô como quem atravessa um grande portal místico e se depara com entidades que respondem à interação humana. Uma obra mágica e tecnológica dos programadores mineiros Sandro Miccoli e Flávio Deslandes.

Em seguida, se chega ao último cenário deste circuito, a Praça da Estação.

Praça da Estação

Em frente a Praça Rui Barbosa, a obra “S/ título”, do francês Sébastien Preschoux, que utiliza fios de lã e tinta com produção totalmente manual, mas com resultados tridimensionais, que difratam a luz e criam um efeito ótico e cinético.

Do outro lado da rua, o edifício Itatiaia receberá apresentação de videomapping por VJs de destaque no cenário nacional: Roberta Carvalho (PA), Carol Santana (RJ), Kelly Pires (SP), Luv (RJ), NTHLCRVLH (RJ), Chebel (MG), Kambô (PA) e Bianca Turner (SP). Aqui os artistas vão trazer para o icônico edifício a sua interpretação do tema do festival SONHO, MISTÉRIO e IMAGINAÇÃO.

A artista Zaika dos Santos, apresenta “[MA]+GON”, uma performance híbrida de vestível luminoso, instalação móvel luminosa, filtro AR em inteligência artificial, e mapping em Touchdesigner e Inteligência Artificial. A performance circulará por todos os pontos do Circuito Festa da Luz.

Praça da Estação. foto Isis Medeiros/divulgação

MUMA – Música e Mapping

Ainda na Praça da Estação, acontece o MUMA – Música e Mapping numa parceria com o Sesc, que trará shows de artistas locais e nacionais em frente ao Museu de Artes e Ofícios. Com performances musicais de Augusta Barna (BH), Babadan Banda de Rua tocando Milton Nascimento (BH), ruadois (BH), Iza Sabino (BH), Luisa e os Alquimistas (RN), Jonathan Ferr (SP) + Mac Júlia (MG), os shows serão acompanhados pelos VJs 1MPAR (MG), Homem Gaiola (MG), Misteria (CE), BAH (MG), Deise (MG) e Vigas (SC), que apresentarão obras em sincronia com as performances musicais.

No sábado de 16 às 22h, o coletivo MASTERplano invade o palco debaixo do Viaduto Santa Tereza trazendo mais música para dentro do circuito da Festa da Luz. Combinando com a proposta do coletivo de democratizar os rolês ocupando espaços públicos, seus djs residentes convocam uma festa recheada de múltiplos gêneros da música eletrônica. Acompanhando a programação da MASTERplano, haverá uma instalação do coletivo “Tarja” de Juiz de Fora.

Ocupando parte do baixo centro da capital mineira, a Festa da Luz contará com instalações de quinta à domingo de 18h às 0h no Sula, Viaduto Santa Tereza, Edifício Chagas Dória, Edifício Central, Escada do Metrô, Túnel do Metrô e Praça Rui Barbosa; Videomapping na quinta e sexta de 18 às 22h no Edifício Itatiaia; Museu noturno no Museu de Artes e Ofícios na quinta e sexta de 18 às 22h; MUMA – Música e Mapping/Palco Sesc no sábado e domingo de 19h às 22h no Museu de Artes e Ofícios; Performance [MA]+GON sexta e sábado de 19h às 22h, e MASTERplano debaixo do viaduto no sábado de 16h às 00h.

Serviço:

Festa da Luz de Belo Horizonte

● Data: 11 a 14 de maio de 2023

❖ Instalações: quinta a domingo, 18h às 00h

❖ Videomapping: quinta e sexta, 18h às 22h

❖ Museu de Artes e Ofícios: quinta e sexta, 18h às 21h

● MUMA – Música e Mapping/ Palco Sesc: sábado e domingo, 19h às 22h

❖ Sábado: 19h às 19h40 – AUGUSTA BARNA (MG) + VJ 1MPAR (MG)

20h10 às 20h50 – BABADAN BANDA DE RUA toca Milton Nascimento (MG) + VJ HOMEM GAIOLA (MG)

21h20 às 22h – LUISA E OS ALQUIMISTAS (RN) + VJ MISTERIA (CE)

❖ Domingo: 19h às 19h40 – RUADOIS (MG) + VJ BAH (MG)

20h10 às 20h50 – IZA SABINO (MG) + VJ DEISE (MG)

21h20 às 22h – JONATHAN FERR (SP) convida MAC JÚLIA

❖ Domingo: 19h às 19h40 – RUADOIS (MG) + VJ BAH (MG)

20h10 às 20h50 – IZA SABINO (MG) + VJ DEISE (MG)

21h20 às 22h – JONATHAN FERR (SP) convida MAC JÚLIA (MG) + VJ VIGAS (SC)

● Performance – sexta e sábado, 19h às 21h

● SULA: quinta a sábado, 18h às 2h

● Masterplano – sábado, de 16h às 00h

Anúncios