Museus da Pampulha tem programação especial - Santa Tereza Tem
Logo

Museus da Pampulha tem programação especial

Atividades gratuitas e incluem caminhadas pela orla da lagoa, visitas mediadas aos espaços museais e oficinas criativa

Reconhecido como Patrimônio Cultural Mundial pela Unesco, o Conjunto Moderno da Pampulha sintetiza o encontro entre a natureza e a arte nascida pela ação do homem. É essa característica de Paisagem Cultural que está em destaque nas atividades da programação de maio do Museus Pampulha, ao propor experiências que valorizam aspectos das diversas camadas que compõem o território, como história, arquitetura, paisagismo, além de dialogarem com os espaços museais e seus acervos.

O projeto, parceria da prefeitura com o Instituto Lumiar, busca fortalecer as ações realizadas pelo Museu de Arte da Pampulhao Museu Casa Kubitschek e a Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design, por meio de exposições, atividades formativas e apresentações culturais.Todas as atividades do projeto são gratuitas, e a programação completa pode ser acessada no Portal Belo Horizonte.

Oficinas criativas e caminhadas
Programação

Dia 13 de maio

9h – Percursos Pampulha 
O público é convidado a percorrer um trecho de 1 quilômetro da orla da Lagoa da Pampulha, acompanhados pelo educativo do Museu Casa Kubitschek, que estimulará os participantes a interpretar a paisagem da Pampulha ao longo do trajeto que sai da Igreja São Francisco de Assis rumo ao Museu Casa Kubitschek. Para participar, é necessário inscrição prévia pelo e-mail educativos.ck@pbh.gov.br.

15hAteliê Aberto nos Jardins do Museu
No Museu de Arte da Pampulha haverá oficinas criativas baseadas nas obras em exposição permanente, temporárias e no paisagismo do espaço museal. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail map.educativo@pbh.gov.br.

Dia 20 de maio, 15h
Visita Mediada aos Jardins do Museu de Arte da Pampulha.
Os participantes são convidados a percorrer o legado deixado pelo paisagista no local, explorando suas características artísticas, históricas e botânicas, além da leitura das obras de arte que se encontram integradas ao espaço. Para participar, é necessário se inscrever pelo e-mail map.educativo@pbh.gov.br.

Dia 25 de maio, 14h
Caminhos Arquitetônicos
O educativo da Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design realiza caminhadas culturais mediadas que partem do local, unindo diferentes pontos de interesse na Pampulha. Neste dia, o trajeto se inicia da Casa do Baile e segue até o Mineirão. A atividade é aberta ao público em geral, com vagas limitadas, e as inscrições devem ser feitas através do e-mail cb.fmc@pbh.gov.br.

Durante o trajeto, os mediadores utilizam pranchas com fotos antigas da Pampulha, e ao longo da caminhada, há pontos de parada específicos para contemplar a paisagem e suas transformações, em temas que abordam o urbanismo, arquitetura, história, meio ambiente e outros.

27 de maio
10h, Visita Mediada aos Jardins no Museu Casa Kubitschek – o paisagismo, as artes integradas, a natureza e suas relações com os espaços museais voltam são o foco da atividade, que convida os participantes a percorrerem os jardins de Burle Marx, um marco na história do paisagismo por sua concepção plástica de grande liberdade e rigor botânico. As inscrições para participar da atividade podem ser feitas pelo e-mail educativos.ck@pbh.gov.br.

14h, Ateliê Aberto nos Jardins do Museu de Arte da Pampulha – em umaa edição especial com o Instituto de Habilidades de Crianças Autistas (IHCA), uma equipe voluntária multiprofissional de pedagogos, psicólogos e terapeutas, vão orientar diversas atividades lúdicas e sensoriais, entre elas massinha de modelar, pinturas e brincadeiras. As ações são voltadas ao público com Transtorno do Espectro Autista e, para participar, basta enviar um e-mail para o endereço map.educativo@pbh.gov.br.

Dia 28 de maio às 10h e às 16h
Na Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design, o público poderá participar das visitas mediadas do projeto “Casa Adentro”, na qual são apresentados aspectos da arquitetura, história e paisagismo do espaço. As visitas têm duração média de 1 hora. Ao término, o público é convidado a participar de uma atividade, no formato ateliê, com propostas artísticas variadas. Inscrições pelo e-mail cb.fmc@pbh.gov.br.

Anúncios