Poluição sonora é tema da Reunião da Rede Santa Tereza - Santa Tereza Tem
Logo

Poluição sonora é tema da Reunião da Rede Santa Tereza

Poluição sonora é tema da Reunião da Rede Santa Tereza em encontro entre Associação Comunitária do Bairro Santa Tereza (ACBST), Regional Leste e moradores

No último encontro da Rede Santa Tereza (ACBST, Regional Leste e moradores), dia 28 de setembro, o principal assunto foi sobre a perturbação ao sossego causada por alguns bares e eventos no bairro. Participaram além, dos representantes da prefeitura, Hernany Mendes da ACBST, vários moradores, a Polícia Militar e a Guarda Municipal. A reunião foi mediada por  Ricardo Gorchacov da Diretoria regional de Assistência Social Leste.

Reunião da Rede Santa Tereza na Regional Leste

Além da poluição sonora que atinge determinados pontos do bairro, foi discutida ainda a agressão ao morador Gustavo Brasil, por seguranças e proprietário do Planeta Gol, por solicitar a medição dos decibéis emitidos pelo evento.

Esteve também presente Elias Tergilene responsável pelo consórcio que, por meio de licitação, está gerindo atualmente o Mercado Distrital. O empresário compareceu, segundo ele, para esclarecer sobre as reclamações de moradores do entorno do Mercado: som alto, lixo e do trânsito caótico nos dias de feira, sábado e domingo.

Na questão do Mercado ficou decidida uma reunião entre a ACBST, a Regional e Elias Tergilene para buscar soluções dos problemas citados e adequações do local para que haja uma convivência harmoniosa com a vizinhança.

Foi ainda, apresentado, pelo morador José Pedro, o manifesto “Poluição sonora x Violência”, assinado pelo Movimento Menos Decibéis e várias associações comunitárias de Belo Horizonte, reivindicando da prefeitura um posicionamento sobre a poluição sonora na capital causada por casas de shows, eventos e bares. Pelas assinaturas de associações de diferentes regiões da cidade, dá pra perceber que o problema de perturbação do sossego por estes estabelecimentos, não é uma situação específica de Santa Tereza, mas vem ocorrendo em toda cidade.

 O documento foi entregue ao Secretário Municipal Adjunto, Leonardo Castro, para que seja encaminhado ao prefeito Fuad Noman.

Fiscalização

A orientação por parte da fiscalização da prefeitura, no caso de barulho excessivo, continua sendo ligar para o 156, denunciando o estabelecimento.

Matérias relacionadas

Associações de bairros entregam manifesto ao prefeito

Primeira reunião da Rede Santa Tereza

Reunião dos bares com a Rede Santa Tereza

Anúncios