Contação de histórias “Temperos do Tempo” - Santa Tereza Tem
Logo

Contação de histórias “Temperos do Tempo”

Elise Vieira e Max Hebert – crédito Bia Fontes

Contação de histórias “Temperos do Tempo” por Elise Vieira e Max Herbert

Em função do Dia Nacional do Livro, a Aliança Francesa realiza um encontro online especial ao público. No dia 21 de outubro (quarta-feira), às 19h30, será apresentado uma prévia do espetáculo “Temperos do Tempo” (Les épices du temps), estreado em 2019 por Elise Vieira e Max Hebert.

O espetáculo original apresenta quatro histórias de tradição oral que discutem, cenicamente, relações que nós humanos estabelecemos com o tempo. Enquanto Elise conta histórias, Max a acompanha com músicas ao vivo. Para o nosso evento online que celebrará a leitura, os artistas contarão uma das histórias de seu espetáculo original adicionando textos franceses de Jacques Prévert, Charles Baudelaire, entre outros.

Ao longo da apresentação, palavras e músicas serão entrelaçadas. A transmissão acontece a partir das 19h30 por meio da plataforma zoom. O evento tem formato bilíngue, com algumas partes em português e outras em francês.

Elise Vieira é atriz graduada pela ECA-USP, mestra em Artes Cênicas pela EBA-UFMG e narradora de histórias formada pelo Instituto Cultural Aletria. Também é professora de inglês certificada pela Cambridge University e estudou aquisição de linguagem na School of Teaching English as a Second Language, nos EUA. Há alguns anos pesquisa histórias de tradição oral, cria e oferece espetáculos de narração com música em português e em inglês. Ex-aluna da Aliança Francesa BH, estudou na escola em 2017, quando participou do Festival da Canção Francesa e conheceu seu amigo Max Hebert. Em 2019 convidou-o para criar Temperos do Tempo e os dois passaram a trabalhar juntos.

Max Hebert é historiador graduado pela FAFICH-UFMG e ator formado pelo Teatro Universitário (T.U-UFMG). Durante a graduação, fez intercâmbio em História do Cinema na Université Paris I – Pantheon- Sorbonne. Natural de Elói Mendes, Sul de Minas, é multi-instrumentista, tendo dedicado seus últimos anos ao estudo e performance do acordeon, depois de ter morado em dois berços deste instrumento: no nordeste do Brasil e na França. Toca em vários coletivos da capital mineira e está prestes a lançar seu primeiro disco autoral: “Tem de amor e tende humor”. Max participou do Festival da Canção Francesa em 2017 e ganhou o primeiro lugar na fase Minas Gerais com a música Ménilmontant, de Charles Trenet.

SERVIÇO:
Aliança Francesa de Belo Horizonte
Contação de Histórias com Max Hebert e Elise Vieira
Data: 21 de outubro, às 19h30
Onde: https://zoom.us/j/97566148890

Anúncios