Carnaval em Santa Tereza - Santa Tereza Tem
Logo

Carnaval em Santa Tereza

Carnaval em Santa Tereza: blocos que desfilam por aqui

Neste ano 19 blocos vão desfilar em Santa Tereza. São blocos menores, o que é muito bom, pois as ruas do bairro comportam um número grande de foliões. O Bloco Volta Belchior, por ter atraído 30 mil pessoas no ano passado, transferiu seu desfile para a Avenida dos Andradas. Assim como fez o outro bloco criado por gente do bairro, o Alcova Libertina.

Confira abaixo os blocos de rua que sairão em Santa Tereza.

Dia 29 – Sábado

Tibana Bloco
 Bloco oficial da banda “Tibana”, grupo belo-horizontino que se dedica à difusão de ritmos tradicionais como o Carimbó, o Afoxé e o Ijexá, além de clássicos da MPB.
Local: Rua Mármore 139, Santa Tereza
Horário: 13h

Unidos do Golo
Trata-se de uma confraternização entre amigos, que já há um tempo sai em Santa Tereza, mas não desfila.
Local: Rua Formosa, 333, Santa Tereza
Horário: 14:00

O que já desfilou

Dia 23 – domingo

Românticos São Loucos
Liderado pelo músico Marcos Catarina, o bloco surgiu a partir do Baile dos Românticos realizado em 2018, em Belo Horizonte, em homenagem ao cantor e compositor Vander Lee seu irmão. É a segunda vez que o bloco sai às ruas de Santa Tereza
Concentração 12h (Rua Mármore com Gabro)
Início do cortejo:: 14h
Rua Mármore – Santa Tereza

Balai Lama
Bloco pequeno, mas não menos animiado, com seus bonecos sai tradicionalmente em Santa Tereza há quatro anos. Como tamanho não é documento, a bateria do bloco tem um som muito legal.
Hora: 12h
Local de concentração: Praça Cel. José Persilva – Santa Tereza
Saiba mais

Bloco da Praça
 O bloco surgiu há cinco anos, formado por moradores do bairro que residem próximos à praça. Compõe-se, em sua maioria, de um público adulto e de crianças e a folia é animada por som mecânico. O Bloco não sai da concentração.
Horário: 15:00
Local: Rua Adamina, 106 – em frente à Praça
Hora 15 às 18h
Local: Rua Adamina em frente à Praça Duque de Caxias
Hora 15 às 18h

Bloco Emoções
Bloco carnavalesco com intuito de homenagear o rei Roberto Carlos, tocando suas músicas desde a época da jovem guarda até hoje em ritmo de carnaval.
Local: Rua Mármore, 169, Santa Tereza
Horário: 09:00

Dia 22 – sábado

Divina Banda
Criada em 2018 pelo músico Rodrigo Borges homenageia seu pai, o também músico, Marilton Borges e também ao bloco Banda Santa, que foi sucesso no bairro nas décadas de 70 e 80. Neste ano o bloco presta homenagem à mulher brasileira.  Participação do Tambor Mineiro e Manno Góes, fundador da banda baiana de axé Jammil. Conta ainda com uma nova integrante na banda, a multiartista, Bia Nogueira.
Hora: concentração: 10h
Local: Rua Mármore com Gabro – Santa Tereza
SAiba mais

Nada Santa
O Nada Santa é uma referência à saudosa Banda Santa, até hoje lembrada pelos foliões mais maduros. Criada pela carnavalesca família Silva e amigos do bairro, saiu pela primeira vez em 2018. Sua bateria, possante e ritmada, dirigida pelo Mestre Lauro, contagia os foliões.
No repertório marchinhas antigas e outras canções em roupagem de carnaval.
Hora: concentração 12h30
Local: concentração: Rua Mármore com Angelo Rabelo
SAiba mais

Se Flopar Nunca Existiu (SFNE)
Surgiu em 2017 com a proposta de trazer para as ruas de Belo Horizonte a cultura e material LGBTQ+ produzido na internet. Um Bloco de carnaval que visa enaltecer o conteúdo gerado nas redes que figuram como ferramentas construtoras na subjetividade dos jovens nascidos pós anos 90. Já em seu nome o bloco carrega a linguagem utilizada comumente dentre os grupos de facebook, a palavra ?FLOPAR? que não figura no dicionário português tradicional, hoje é escrita de forma corriqueira em chats e conversas do publico jovem em discussões sobre artistas e musicas pop atuais, e seria o significado de não fazer sucesso, desta forma o nome do bloco é um grande deboche com seu próprio acontecimento, caso não de certo fingimos que o evento não existiu.
Hora: 15h
Local: Rua Oligisto, 417/ Rua Conselheiro Rocha, 3575 vai para a Oligisto e termina na Rua Capitão Bragança

Dia 24 – segunda

Bloco Alalaor
Bloco de carnaval para todas as idades, com marchinhas, sambas, axé retrô e ritmos variados O Bloco Alalaor foi criado em 2016 em homenagem a um idoso de Santa Tereza que nunca tinha pulado um Carnaval de rua. A ideia do bloco é ser animado, familiar, inclusivo e para todas as idades, tendo como repertório muito axé antigo e marchinhas carnavalescas.
Rua Silvianópolis, 189 – Santa Tereza
Hora: concentração: 9h30
Saiba mais

Saúde: Trem Bom demais

O bloco vários anos apresenta-se em feiras de saúde, educação, cuidados ambientais, gastronomia, turismo, e cidadania. A bateria e banda são formadas por sanfona, zabumba, triângulo, percussão, destacando-se o forró, axé sertanejo, samba e rock. O principal objetivo é desenvolver Campanhas de Sensibilização, de Promoção de Saúde e Prevenção de Doenças e o Desenvolvimento Sustentável. Voltadas principalmente às pessoas de baixa renda e em situações de alto índice de vulnerabilidade social, como moradores de rua, usuários acometidos por sofrimento mental e ou uso de álcool e drogas. A grande atração do Bloco é um Trem de Papelão, de 50m , Máquina e 32 Vagões de materiais recicláveis. Lúdica, essa atração tem potencial turístico e rico patrimônio cultural mineiro: os Trens e as Marias-Fumaça. Ainda, uma Homenagem Especial à Luiz Gonzaga e Dona Ivone Lara.
Local: Rua Mármore 169, Santa Tereza
Horário: Concetração 08h

Bloco da Cinara
Liderado pela sambista, cantora e compositora, a mineira Cinara Ribeiro, o bloco foi criado por ela em 2017, para fortalecer o samba e a música popular. O desfile também busca representar a mulher negra e suas raízes.
Hora: Concentração: 14h
Rua Mármore, 300 – Santa Tereza

Dia 25 – terça

Bloco Coco da Gente
Bloco Coco da Gente foi criado em Santa Tereza, pelo mestre de capoeira, Pedro Campolina e seus amigos, a partir do batuque e das rodas de capoeira e coco, que começaram em 2013, na Praça Ernesto Tassini e na casa do Pedro, fundador do coletivo, em Santa Tereza. O Bloco saiu pela primeira vez em 2016. Resgata e preserva os ritmos populares, especialmente do Nordente. O trio elétrico vem seguido pela bateria e passistas com suas saias coloridas. Há ainda um bumba meu bois e muitas crianças participam do bloco. É um lindo espetáculo da cultura do povo brasileiro.
Concentração: 9h na rua Quartzo com Gonçalves Chaves – Vila Dias (bairro Sta. Tereza)
Saída: 10h
Dispersão: 14h – Pracinha da Vila Dias – bairro Sta. Tereza
SAiba mais

A Santê
O Bloco A Santê surgiu em 2006 em Santa Tereza com o objetivo de brincar com os amigos e moradores do bairro. A bateria é formada por crianças, adolescentes e adultos com instrumentos de percussão.
Horário de concentração: 15h
Endereço de concentração: Rua Mármore, 139

Bloco da Praça
O  bloco surgiu há cinco anos, formado por moradores do bairro que residem próximos à praça. Compõe-se, em sua maioria, de um público adulto e de crianças e a folia é animada por som mecânico. O Bloco não sai da concentração.
Horário: 15:00
Local: Rua Adamina, 106 – em frente à Praça
Hora 15 às 18h
Local: Rua Adamina em frente à Praça Duque de Caxias

Dia 15 – sábado

Bloco Duro
O bloco, que sempre sai em Santa Tereza, comemora 10 anos. O desfile sempre começa com uma seleção de músicas infantis tocadas em ritmo de marchinha. Este primeiro momento é para os pequenos foliões curtirem o Carnaval sob a sombra das árvores da praça em um ambiente familiar. Não há movimentação do bloco, neste primeiro momento. Depois com de marchinhas tradicionais de carnaval e inicia-se o desfile. É um desfile alegre e é de praxe as pessoas irem fantasiadas.
Hora: de 13h às 19h
Local: Praça Ernesto Tassini na Rua Conselheiro Rocha com Alvinópolis.
Saiba mais

Bloco da Apae – Apaetucada
Bloco inclusivo formado por alunos, professores, familiares e amigos da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Exepcionais) que tem sede em Santa Tereza. Animação e alegria não faltam. Vale a pena acompanhar as eternas crianças da Apae, um exemplo de superação.
Hora: 15
Local de concentração: Rua Cristal 78
SAiba mais –

O Boi Rosado fez sua estreia no Carnaval em 2018, em Santa Tereza.fez sua estreia no Carnaval de BH em 2018. Surgiu a partir da criação do folguedo Boi Rosado, bumba-meu-boi em 2008, pelo artista plástico e poeta Severino Iabá. O bloco homenageia o escritor mineiro Guimarães Rosa e divulga a cultura popular brasileira.

Com o boi à frente, seguido pelos tambores, uma tradição, especialmente no interior de Minas Gerais, os foliões se divertem com as investidas do boi no público e com o batuque.

Hora: 14h
Concentração: Rua Mármore

Dia 16 – domingo

Evento Si Liga

Encontro de Blocos formados por moradores do bairro ou que desfilam por aqui. Evento promovido pela Liga dos Blocos de Santa Tereza. Além das apresentações dos blocos, tem feira de adereços carnavalescos, barracas de comida e bebida, reciclagem de lixo.
Local: Mercado
Hora: de 9h às 20h
Ingressos gratuitos com retirada na internet mais a doação de 1 quilo de alimento.

Programação
10h – Bloco Emoções
11h40 – Românticos São Loucos
12h30 – Cavalo Marinho
13h20 – Bloco da Cinara
14h10 –  Coco da Gente
15h – Bloco da Esquina
16h – Tibana
18h – Brilha
20h – Bloco dos Pescadores convida Aline Calixto

Bloco Lua de Crixtal
Junção de circo, Xuxa e bateria de carnaval, despertando em todos os que o acompanham nostalgia e muita diversão. Em 2020, o bloco Lua de Crixtal desfila pelas ruas do bairro Santa Tereza, com o tema dos filmes “Super Xuxa contra o Baixo Astral” e “Lua de Cristal”. Vai ter muita diversão com o Circo X e com a bateria mais xocante de BH!
Hora- concentração: 12h
Local: Rua Gabro, 41 – Santa Tereza (Entre Salinas e Mármore)

Bloco Alalaor
Bloco de carnaval para todas as idades, com marchinhas, sambas, axé retrô e ritmos variados O Bloco Alalaor foi criado em 2016 em homenagem a um idoso de Santa Tereza que nunca tinha pulado um Carnaval de rua. A ideia do bloco é ser animado, familiar, inclusivo e para todas as idades, tendo como repertório muito axé antigo e marchinhas carnavalescas.
Hora: 11h30
Local: Rua Silvianópolis, 464 – Santa Tereza
Saiba mais



Anúncios