Feira de Artesanto volta após o Carnaval - Santa Tereza Tem
Logo

Feira de Artesanto volta após o Carnaval

A Feira de Santa Tereza, criada pela prefeitura de Belo Horizonte, apesar de ter sido inaugurada no último domingo, dia 9 de fevereiro, só volta a funcionar após o Carnaval. Segundo Daniel Marques, feirante e coordenador da área de comidas, a orientação é da própria prefeitura. Daniel, que comercializa churrasquinhos, convida toda a comunidade de Santa Tereza para conhecer a Feira, a partir do dia 1º de março, quando realmente se tornará permanente, todos os domingos, de 9h às 14h, na Rua Estrela do Sul, em frente ao cinema.

Daniel Marques

No primeiro domingo, Daniel comenta que o movimento não foi grande, pois houve pouca divulgação, mas ele tem boas perspectivas de que o público aumente à medida em que as pessoas forem conhecendo o trabalho dos feirantes.

São 20 barracas de artesanato e 10 de comida, que foram selecionadas por meio de edital de chamamento público pela prefeitura, no segundo semestre de 2019. Cada feirante paga uma taxa semanal de 100,00 para a manutenção da Feira, como limpeza e instalação dos banheiros químicos. A feira de Santa Tereza integra um conjunto de 22 novas feiras permanentes de artesanato, plantas, flores naturais, comida e bebidas típicas nacionais e estrangeiras nas nove regionais.

Ana Soraya e seu marido Ricardo, moradores do bairro, vieram conhecer a Feira e ela já saiu de lá com uma nova camiseta, adquirida na barraca da Válmia.

Ana comenta que “Gosto de visitar feiras e ia sempre naquelas que eram realizadas até há pouco tempo no Mercado Distrital. Estou achando está aqui super. legal. Considero que as feiras são importantes, pois valorizam o trabalho dos produtores, o bairro, geram renda e faz a economia girar. Muita gente vem à feira e acaba movimentando os bares e restaurantes, por exemplo. ”

Ana Soraya, Ricardo e a feirante Vâlmia que produz camisetas customizadas

Lili, também moradora do bairro, saiu para passear com o cachorro e deu de cara com a feira. Ela observa que “esta é mais uma opção de lazer aqui em Santa Tereza e conversei com os feirantes, olhei os produtos, e achei o artesanato interessante, criativo e de ótima qualidade. Sempre que puder eu pretendo vir para dar uma força para essa gente que batalha muito e também para me divertir”.

Anúncios