MIS Cine Santa Tereza - Santa Tereza Tem
Logo

MIS Cine Santa Tereza

MIS Cine Santa Tereza: programação da semana

Dias 3, 4 e 5, terça, quarta e quinta-feira
Sessões às 17h30 e às 19h30
SESSÕES DO CINECLUBE CARROÇA

O Cineclube Carroça é um espaço para a reflexão emancipatória sobre o cinema a partir do encontro inevitável com as imagens e com o mundo que se constitui na duração de cada filme.

Composto por alunas e alunos do Curso de Análise e Crítica Cinematográfica do Núcleo de Produção Digital de Belo Horizonte, busca fortalecer não só as liberdades do olhar que se inscreve plasticamente na tela em forma de narrativa, mas também das miradas que atravessam o espectro luminoso de uma sala.

I Mostra de Cinema Diálogos pela Equidade
Dia 6, sexta-feira
17h30 Sessão de Curtas
Corpo Manifesto (Carol Araújo | Brasil | 2015 | Documentário | 28 min) O filme explora de maneira poética as dimensões simbólicas do corpo e sua representação, costurando imagens de uma performance da artista Nina Giovelli, com entrevistas de pensadoras e militantes feministas como Djamila Ribeiro, Margareth Rago, Marcia Tiburi, Laerte, Luiza Coppietters e Jéssica Ipólito. Paralelamente, o documentário acompanha atos públicos feministas e mostra quem são e o que desejam as mulheres que ocupam as ruas.

Casamento Infantil (Raphael Erichsen | Brasil | 2017 | Documentário | 24 min) O Brasil é o quarto país no mundo em número de casamentos infantis. Marília tem 15 anos e vive no interior do Maranhão. Daniela tem dois filhos e vive em um bairro de periferia de São Paulo. Em comum a história de duas meninas que tiveram suas vidas impactadas pelo casamento precoce. Classificação indicativa: 12 anos.

19h – Yorimatã (Rafael Saar | Brasil | 2016 | Documentário | 116 min)
Em meio ao movimento hippie dos anos 70, Luhli e Lucina vivem o cotidiano criativo de uma comunidade alternativa. Com cerca de 800 composições no currículo, do violão aos tambores artesanais que constroem e tocam, elas vivem um relacionamento a três com o fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca, que registra tudo em filmes Super 8mm. Um filme sobre a liberdade e a busca das raízes primitivas culturais brasileiras. Classificação indicativa: 10 anos. Roda de conversa após a sessão.

Corpo Manifesto

Dia 7 – Sábado
I Mostra de Cinema Diálogos pela Equidade

17h – Chega de Fiu Fiu (Amanda Kamanchek / Fernanda Frazão | Brasil | 2018 | Documentário | 73 min)
A partir de imagens coletadas por câmeras escondidas, o documentário registra o dia a dia de três mulheres com vidas distintas e revela a violência de gênero constantemente praticada nos espaços públicos urbanos. Especialistas discutem o assunto e buscam encontrar respostas e alternativas para uma questão fundamental: as cidades foram feitas para as mulheres? Classificação indicativa: livre.

19h – Filha da Índia (India’s Daughter | Leslee Udwin | Reino Unido / Irlanda do Norte | 2015 | Documentário | 62 min
O filme conta a história de uma jovem estudante de medicina de 23 anos que, em dezembro de 2012, foi vítima de um estupro coletivo dentro de um ônibus em Nova Delhi, Índia. O crime provocou protestos sem precedentes no país e deu início a uma discussão sobre violência sexual e direitos das mulheres em diversos países. Classificação indicativa: 18 anos. Roda de conversa após a sessão.

Filha da Índia

I Mostra de Cinema Diálogos pela Equidade
Dia 8, domingo
Às 17h – As Mil Mulheres (Rita Toledo | Brasil | 2018 | Documentário | 84 min) Quatro artistas desenvolvem obras inspiradas por histórias de outras mulheres. Entre escolhas, reflexões, falhas e acertos, leas revelam como conectam seu universo interior às questões do mundo à sua volta. Ao entrelaçar arte e ativismo, o filme lança luz às diversas faces do feminismo. Classificação indicativa: 10 anos.

As mil mulheres

Às 19h – Sessão Materna
Repense o Elogio (Estela Renner | Brasil | 2017 | Documentário | 48 min) Repense o Elogio propõe uma conversa sobre a maneira como as crianças são elogiadas. Enquanto meninas são muitas vezes elogiadas apenas por sua aparência, meninos podem receber elogios ressaltando suas habilidades.

Lilás (Bruna Fortes / Jacqueline Almeida | Brasil | 2016 | Documentário | 19 min) Lilás acompanha o cotidiano de crianças de 4, 5 e 6 anos durante atividades realizadas em salas de aula e apresenta uma reflexão sobre a formação da identidade de meninas e meninos durante a infância, a participação da mídia, da escola e do imaginário coletivo nessa construção. Classificação indicativa: livre.
Roda de conversa após a sessão. Divulgação. MIS Cine Santa Tereza

Repense o elogio

Serviço
MIS Cine Santa Tereza – Programação de 3 a 8 de dezembro
Rua Estrela do Sul, 89
Entrada franca
Saiba mais sobre o cinema

Anúncios