Outubro no Memorial Vale com programação para as crianças - Santa Tereza Tem
Logo

Outubro no Memorial Vale com programação para as crianças

A programação do mês de outubro no Memorial Minas Gerais Vale traz a alegria dos palhaços Popó e Cloro, o requinte do programa de música instrumental Mulheres na Música, com a curadoria da Orquestra Ouro Preto, nesta edição com Rebeca Furtado, e a beleza do coral Cidade dos Profetas, de Congonhas, entre outras atrações muito especiais.

A celebração do mês das crianças ganha destaque especial com o lançamento do livro “Zigzar – Entre Crianças e Memórias”, escrito pelos profissionais do Educativo do Memorial, com a participação de professores e acadêmicos que contribuíram de alguma forma para as atividades do museu desde 2013. A publicação é uma reflexão sobre o desafio de tornar o espaço e as atividades museais atrativas também para crianças com até 5 anos de idade – a primeira infância. O livro é de distribuição gratuita e será entregue para quem participar do Encontro entre Educadores, que será realizado nos dias 22 e 23 de outubro.

Nas artes visuais, segue até o dia 24 de outubro a exposição “Tudo é casa, casca, escasso, ocaso, corpo”, de Luíza Alcântara, que faz parte do Edital Novos Artistas do Memorial Vale. Ela será substituída no dia 26 de outubro pela mostra “O Suor da Testa Mora Dentro dos Marimbondos”, do artista barranqueiro de Pirapora, Davi de Jesus do Nascimento.

A exposição“Olhos do Papagaio”, em que jovens do Morro do Papagaio, em Belo Horizonte, clicaram a favela onde vivem, segue até o dia 16 de outubro. Ela será substituída no espaço do Café do Memorial Vale pelas fotografias da mostra “Urbanus”, de Gustavo Dragunskis e Natália Lima. Eles apresentam inusitados e belíssimos registros de diferentes cidades do mundo, traçando paralelos entre elas.

Todas as atividades e atrações são gratuitas, sujeitas à lotação das salas. O Memorial Minas Gerais Vale fica na Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias.

PROGRAMÇÃO
10/10 – MULHERES NA MÚSICA COM REBECA FURTADO – CURADORIA DA ORQUESTRA OURO PRETO

No dia 10 de outubro, quinta-feira, às 19 horas, a Série Mulheres na Música, que tem curadoria da Orquestra Ouro Preto, tem continuidade com a doutora em história da música, pesquisadora e contrabaixista Rebeca Furtado. Rebeca apresentará um repertório pautado em obras compostas por musicistas para formações de câmara. Como parte da sua pesquisa na Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, Rebeca catalogou peças pra contrabaixo e, algumas dessas obras, serão apresentadas nesse encontro mais que especial. A entrada é gratuita, sujeita a lotação, com retirada de senhas uma hora antes do evento.

12/10 – BATE-PAPO COM LUÍSA ALCÂNTARA
No dia 12 de outubro, sábado, às 11 horas, o Memorial Vale realiza um bate-papo com a artista plástica Luísa Alcântara, cuja mostra está em cartaz até o dia 20 de outubro e faz parte do ciclo de exposições do Edital Novos Artistas do Memorial Minas Gerais Vale. Participarão da conversa o curador da exposição, Júlio Martins, a professora de artes Luiza Rachel Costa e a educadora e artista plástica Gabriela Brasileiro, que integrou a comissão de seleção do edital. A entrada é gratuita, sujeita a lotação.

13/10 – PALHAÇOS POPÓ E CLORO APRESENTAM “A RODA VIVA”
No dia 13 de outubro, domingo, às 11 horas, entram em cena os palhaços Popó e Cloro, com o espetáculo “A Roda Viva”. Neste evento, a Trupe Circo, formada pelos palhaços Popó e Cloro, fará uma apresentação circense de 60 minutos utilizando recursos do teatro de rua, malabarismo, equilibrismo, mágica e, claro, muita palhaçada! A entrada é gratuita, sujeita a lotação, com retirada de senhas uma hora antes do evento.

17/10 – LEITURA RARA APRESENTA: MPB: PEÇA MANIFESTO COM TRÊS ESTROFES E UM REFRÃO
No dia 17 de outubro, quinta-feira, às 19 horas, o projeto Leitura Rara do Memorial Vale traz para o museu a leitura do texto: “MPB: Peça Manifesto com Três Estrofes e um Refrão”. A peça tem como base a Música Popular Brasileira, suas letras e canções, bem como a biografia de vários artistas consagrados da MPB, atravessados pela biografia da própria autora, a atriz, dramaturga e diretora teatral Marina Viana. Entrada gratuita, sujeita a lotação, com retirada de senhas uma hora antes do evento.

19/10 – ABERTURA DA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA URBANUS
No dia 19 de outubro, sábado, às 11 horas, será aberta a exposição fotográfica Urbanus, com os trabalhos de Gustavo Dragunskis e Natália Lima. São fotos de momentos cotidianos em diversas cidades do mundo que revelam similaridades entre os lugares, apesar de pertencerem a contextos geográficos e sociais distintos. A exposição seguirá até o dia 6 de fevereiro de 2020 no espaço do Café do Memorial Vale. A entrada é gratuita e no horário de funcionamento do Memorial.

19/10 – DIVERSIDADE PERIFÉRICA APRESENTA: BATEKOO
No dia 19 de outubro, sábado, às 15 horas, é a vez do Projeto Diversidade Periférica sacudir o Memorial Vale com a festa Batekoo, feita por negros e para o público negro e periférico. O evento é uma mistura de festa black dos guetos dos Estados Unidos com os bailes funks que acontecem nas periferias de cada cidade brasileira onde o encontro é realizado. Hoje, a Batekoo acontece em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte e já aconteceram edições especiais em Brasília, Goiânia e recôncavo Baiano, além de outras capitais. Todas as pessoas envolvidas na produção da festa são negras e a Batekoo tem como tema o cenário de músicas black, como rap, hip hop, funk carioca, rhythm and blues, trap, urban, kuduro, reggae e demais estilos musicais relacionados com a cultura negra. A entrada é gratuita e realizada no horário de funcionamento do Memorial.

22 e 23/10 – ENCONTRO ENTRE EDUCADORES
Nos dias 22 e 23 de outubro, terça e quarta-feira, das 9h às 11 horas no dia 22, e de 14h às 16h no dia 23, o Educativo do Memorial Vale realiza o Encontro entre Educadores. Trata-se de um encontro mensal voltado para os profissionais das instituições que visitam o espaço do museu com seus alunos, guias de turismo, ou pessoas que tenham interesse em conhecer o trabalho do Educativo e a educação museal. A proposta é ampliar a relação entre educação e cultura, escola e museu, e propor novos diálogos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone: (31) 3343-7317. O interessado deverá optar por uma das datas.

Nesta edição em especial, será distribuído o livro “Zigzar – Entre Crianças e Memórias”, lançado pelo Educativo do Memorial Vale neste mês de outubro. A publicação é uma reflexão sobre o desafio de tornar o espaço e as atividades museais atrativas também para crianças com até 5 anos de idade – a primeira infância.

24/10 – SHOW OUTROS OUTROS COM AFFONSINHO HELIODORO
No dia 24 de outubro, quinta-feira, às 19h30 o cantor e compositor Affonsinho Heliodoro faz o show Outros outros, seu 13º trabalho autoral. O disco foi gravado ao vivo no estúdio em apenas um dia, com as participações especiais de Mariana Nunes, Bárbara Barcellos e Lívia Itaborahy. A proposta é apresentar canções “direto ao assunto”, com letras curtas e objetivas. A entrada é gratuita, sujeita a lotação, com retirada de senhas uma hora antes do evento.

26/10 – ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “O SUOR DA TESTA MORA DENTRO DOS MARIMBONDOS”
No dia 26 de outubro, sábado, às 11 horas, o Memorial Vale recebe uma nova exposição, dentro do Edital Novos Artistas no Memorial Minas Gerais Vale 2019. O artista barranqueiro de Pirapora Davi de Jesus do Nascimento apresenta “O suor da testa mora dentro dos marimbondos”. São obras feitas a partir de sua vivência às margens do rio São Francisco; entre elas, ossadas de peixes e fotografias da família com textos poéticos sobre as fotos. A curadoria é de Júlio Martins e o comitê de seleção foi formado por Maria Angélica Melendi, Wagner Tameirão, Gabriela Brasileiro e Gustavo Rodrigues. A entrada é gratuita e no horário de funcionamento do Memorial Vale.

26/10 – LUIZ MARQUES FAZ O SHOW “NOITE AZUL”
No dia 26 de outubro, sábado, às 16 horas, o cantor, compositor, violonista e arranjador Luiz Marques mostrará seu quinto disco: “Noite Azul”, com canções variadas, que vão desde o barroco mineiro, passando por baladas e incursões no rock e pop. O artista se apresenta com sua banda, formada por Alexandre da Mata (guitarra), Cinara Motta (contrabaixo) e Léo Pires (bateria). Participa da apresentação a bailarina Sandra Magalhães, que fará performance com dança contemporânea. A entrada é gratuita, sujeita a lotação, com retirada de senhas uma hora antes do evento.

27/10 – CORAL CIDADE DOS PROFETAS
No dia 27 de outubro, domingo, às 11 horas, o Coral Cidade dos Profetas, de Congonhas, um dos principais grupos em atividade a divulgar a música colonial mineira, lança seu terceiro disco, “Em Louvor à Virgem Maria”. Regido por Herculano Amâncio, o repertório traz o novo álbum e músicas que acompanham o coral ao longo de três décadas de fundação e também um repertório popular. A entrada é gratuita, sujeita a lotação, com retirada de senhas uma hora antes do evento.

EXPOSIÇÕES
ATÉ 16 DE OUTUBRO – “OLHOS DO PAPAGAIO”
A exposição do projeto fotográfico “Olhos do Papagaio”, que está no Café do Memorial Vale,é uma iniciativa de educação popular criada pelo educador social Hermerson Morais, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – Projovem, executado pelo Grupo de Desenvolvimento Comunitário (GDECOM) junto a jovens com idades entre 15 e 17 anos no CRAS Santa Rita de Cássia, uma das vilas que compõem a favela Morro do Papagaio. A intenção é discutir situações cotidianas, construir narrativas e realizar registros que contam um pouco da história e da experiência de se viver em uma das maiores e mais antigas favelas de Belo Horizonte. Nesta mostra estão os trabalhos produzidos entre março de 2017 e fevereiro de 2018 por quatro jovens do Morro do Papagaio: Lucas Sales, Roberta Lima, Nicholas Bertolini e Marcus Vinícius. Os recursos utilizados no projeto são do Fundo Municipal de Assistência Social, pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania da Prefeitura de Belo Horizonte.

ATÉ 24 DE OUTUBRO – “TUDO É CASA, CASCA, ESCASSO, OCASO, CORPO”, DE LUÍZA ALCÂNTARA – EDITAL NOVOS ARTISTAS DO MEMORIAL VALE 2019
A exposição “Tudo é casa, casca, escasso, ocaso, corpo” da artista Luiza Alcântara, segue até o dia 24 de outubro. Com curadoria de Júlio Martins, esta é a segunda exposição do quinto ciclo do Edital Novos Artistas no Memorial Minas Gerais Vale 2019. A mostra apresenta desenhos, fotografias, cerâmicas e a videoinstalação “Desmanche”. Na sequência, virão os outros selecionados no Edital: Davi de Jesus do Nascimento e Sara não tem nome. O Comitê de seleção foi formado por Julio Martins, Maria Angélica Melendi, Wagner Tameirão, Gabriela Brasileiro e Gustavo Rodrigues. Atividades paralelas e educativas acompanharão a programação das artes visuais. A entrada é gratuita e realizada no horário de funcionamento do Memorial.

ATÉ 3 DE NOVEMBRO – “BORDADO EM MEMÓRIAS”
“Bordado em Memórias” mostra um panorama desse ofício e arte em Belo Horizonte entre as décadas de 1940 e 1960. A exposição, organizada a partir do edital Novos Pesquisadores, é baseada na pesquisa de mestrado de Isabella Brandão, que estudou a evolução do bordado em Belo Horizonte e sua relação com o posicionamento da mulher na sociedade. A exposição é composta por bordados e fotografias desse período. A entrada é gratuita, sujeita a lotação, e no horário de funcionamento do Memorial Vale.

ATIVIDADES EDUCATIVAS
O Educativo do Memorial Vale convida para novas experiências de aprendizagem, descoberta e encantamento em relação à arte. Para outubro, as propostas são as seguintes:

Ação Educativa – Exposição Tudo é Casa, Casca, Escasso, Ocaso, Corpo
Aos domingos, de 11h às 12h, a partir da obra de Luisa Alcântara em exposição nas galerias 1 e 2 do terceiro piso do Memorial Vale, o Educativo convida os visitantes a refletirem e a experienciarem as memórias e os gestos presentes no fluir de tempos e espaços relacionados a essa mostra.

Ação Educativa – Som na Caixa
Aproveitando que no mês de outubro comemora-se o Dia Internacional da Música (dia 1º de outubro), sopre a poeira da sua coleção de LPs e venha desacelerar e curtir um som “das antigas”. O Educativo do Memorial Vale propõe uma imersão na música e no universo dos vinis na sala Casa da Ópera. A ação acontece aos sábados de 14h às 16 horas.

Visita com o Kit Trilha da Infância
A criançada pode “explorar” o Memorial de maneira mais divertida e interessante. Peça o Kit na Recepção. Ao final da visita, ele deve ser devolvido para que outras crianças possam vivenciar essa experiência.

Sessões Dialogadas
Diálogos alusivos às temáticas de algumas salas serão propostos aos visitantes, buscando-se novas leituras e abordagens. Realizados aos sábados, às 14h e 15h e aos domingos, às 11h, 12h, 14h e 14h30.

.ENTRADA GRATUITA, sujeita a lotação das salas
Local: Memorial Minas Gerais Vale – Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias

Anúncios