Atividades gratuitas no Espaço do Conhecimento UFMG - Santa Tereza Tem
Logo

Atividades gratuitas no Espaço do Conhecimento UFMG

Fim de semana no Espaço do Conhecimento UFMG com várias atividades gratuitas para todas as idades. Confira abaixo.

Café Controverso: Diálogos do Movimento – Economia criativa e inovação: como será o futuro do trabalho?
Não importa quão boa seja uma ideia, ela precisa de um terreno fértil para gerar frutos. Nada mais propício do que a era da informação para o desenvolvimento de projetos inovadores nas áreas da ciência e da tecnologia. Empreendimentos ousados não surgem mais apenas no famoso Vale do Silício, na Califórnia. Universidades e centros focados na economia criativa estão por todo o mundo e prometem transformar o trabalho como conhecemos hoje.
Entender como essa metamorfose deve afetar o futuro próximo dos profissionais é tema do Café Controverso: Diálogos do Movimento, realizado pelo Espaço do Conhecimento UFMG em parceria com a Petrobras. O debate, marcado para dia 05 de outubro, às 10h, recebe dois especialistas no ramo dos investimentos em projetos da informação e inovação.
Um deles é Francesco Farruggia, empresário e investidor de várias startups digitais, fundador – ao lado do vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore – da Futura Estúdios e sócio da empresa que organiza o Campus Party, um dos eventos de tecnologia mais importantes do mundo. O outro convidado é Ramon Azevedo, diretor da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) e CEO da Fundep Participações S.A. (Fundepar) — gestora de negócios inovadores com experiência no apoio a projetos acadêmicos da UFMG. Na conversa, Farruggia e Azevedo discutirão o cenário da inovação digital e tecnológica no Brasil.
O Café Controverso: Diálogos do Movimento é gratuito e aberto ao público. Para participar, não é necessário realizar inscrição prévia. Sábado, 05 de outubro, às 10h.

Karaokê e observação do céu na Noite Internacional de Observação da Lua
Este sábado, 05 de outubro, será dedicado ao nosso satélite natural. Celebrada ao redor de todo o mundo, a Noite Internacional de Observação da Lua é promovida anualmente pela NASA Night Sky Network com o intuito de estimular o conhecimento de suas características básicas, detalhes técnicos e outros fenômenos. Em Belo Horizonte, o Espaço do Conhecimento UFMG participa da programação com karaokê lunático, observação noturna e uma divertida oficina.
A maratona de atividades começa às 14h, com a oficina Fases da Lua, que ensina o público a prever a visibilidade do satélite em qualquer dia e horário, além de descobrir quando ele nasce e se põe, entender suas fases e o motivo dos eclipses. Pessoas acima de 07 anos podem participar da atividade, que tem duração de uma hora.
Às 16h, a atividade Contos da Lua leva os visitantes a um passeio pelas culturas de diversos povos que têm incríveis histórias sobre nosso satélite natural. Os alemães, por exemplo, veem um alfaiate com sua máquina de costura na superfície lunar. Já os devotos de São Jorge enxergam o santo com seu dragão.
Em seguida, às 18h15, começa o Karaokê Lunático, com uma seleção especial de músicas. A atração convida os visitantes a soltarem a voz ao som de canções emblemáticas como Lua de Cristal, da Xuxa, e A Lua me Traiu, da Banda Calypso. Rouge, Exaltasamba, Natiruts e Sandy & Junior são exemplos do repertório que espera o público.
E às 19h, a Observação Noturna fecha com chave de ouro a programação. O público poderá apreciar a Lua por meio, 05 outubro.

Serviço:
Noite Internacional de Observação da Lua

Quando: Sábado, 05 de outubro
Entrada gratuita

Oficina Fases da Lua
Quando: 14h
Classificação: a partir de 07 anos

Contos da Lua
Quando: 16h
Classificação: livre

Karaokê Lunático
Quando: 18h15
Classificação: livre

Observação Noturna
Quando: 19h
Entrada: gratuita. Distribuição de senhas a partir das 17h30
Classificação: a partir de 04 anos

Como surgiu o Universo? Contação de histórias anima o domingo
A diversidade da espécie humana se revela nas mais diferentes culturas pelo mundo. Cada uma enxerga a origem do universo e da humanidade de uma forma distinta. Não existe uma resposta única para esses questionamentos. Seja pela via científica ou mitológica, são várias as explicações: um paraíso habitado por Adão e Eva, a evolução das espécies ou uma galinha que, ao ciscar um punhado de terra em cima da água, é capaz de criar a superfície terrestre.
Essas e outras narrativas serão exploradas na Contação de Histórias nas Cosmogonias no domingo, 06 de outubro, às 15h, no Espaço do Conhecimento UFMG. Na atividade, o público é apresentado às narrativas da criação do cosmos à luz das interpretações das tradições yorubá, maia, maxacali, judaico-cristã e grega, que integram a exposição Demasiado Humano. A participação é gratuita e tem classificação indicativa livre. Domingo, 06 de outubro, às 15h

Anúncios